DPZINE Logo
HOME CÍRCULO PARTICIPE CONTATO LINK BLOG FÓRUM SOBRE

Capítulo fechado de Levyathan por Cristiano Gomes

mangá - desenheepublique.com mangá - desenheepublique.com

mangá - desenheepublique.com mangá - desenheepublique.com

mangá - desenheepublique.com mangá - desenheepublique.com

>

mangá - desenheepublique.com mangá - desenheepublique.com

mangá - desenheepublique.com mangá - desenheepublique.com

mangá - desenheepublique.com mangá - desenheepublique.com

mangá - desenheepublique.com mangá - desenheepublique.com

mangá - desenheepublique.com mangá - desenheepublique.com

mangá - desenheepublique.com mangá - desenheepublique.com

42 comentários:

Anônimo disse... 『Responder esse comentário』 28 de novembro de 2010 04:55

puxa vida ,adoro estórias assim,seu mangá tem uma ótima narrativa ,vc uniu os desenhos as letras e conseguiu explicar o complexo de forma simples ,sua estória abrange o real ,uma ficção a par da natureza humana ,e isso é criatividade.

Mari Melo disse... 『Responder esse comentário』 28 de novembro de 2010 06:06

UAU!!!! Uma batalha dessas podia ser um filme magnifico digno do Katsuhiro Otomo!!! Parabéns \O/

André Inácio disse... 『Responder esse comentário』 28 de novembro de 2010 07:12

Muito show adorei
Seu cenarios são perfeiitos :o

ZENM disse... 『Responder esse comentário』 28 de novembro de 2010 15:48

Concordo com a Mari. o clima me lembrou muito as obras de Otomo...e Last Exile tbm!
É um trabalho bem feito, dedicado e com uma proposta bem diferente do que estamos a acostumados a ver.Disputas politicas, guerras ideologicas...é um cenário bem complexo de se trabalhar...
Parabéns, cristiano
creio que se vc quiser transformar esse conto em série, vai encontrar um grande desafio.Mas acredito que vc faria um bom trabalho.
É cedo pra dizer qualquer coisa a respeito do rumo do seu mangá, eu não sei quais são seus planos....mas vá em frente e acredite em vc!

Grande Abraço,
ZENM

IKI - Rafael disse... 『Responder esse comentário』 28 de novembro de 2010 16:50

faça o próximo no sentido oriental, ficaria perfeito e, lembre-se dos tons de cinsa

Dayla Assuky disse... 『Responder esse comentário』 28 de novembro de 2010 17:51

seu traço esta ótimo! continue assim, tente escrever um roteiro com mais falas e personagens q acho q vai ficar legal ^_^

Lord Alex disse... 『Responder esse comentário』 29 de novembro de 2010 11:16

parabéns pelo traço, ficou muito massa
estou louco pra ver a continuação

até mais ^^

Kaji disse... 『Responder esse comentário』 29 de novembro de 2010 14:43

esse cara eh fera
ja vi trabalhos dele
na antiga revista Desenhe e publique mangá
da editora abril se não me lembro

pelo que lembro foram 2 historia
e uma delas era sem falas


esse cara ja esta na luta

admiro isso

continue sempre assim rapaz

Cristiano G disse... 『Responder esse comentário』 29 de novembro de 2010 21:51

Valeu mesmo, Kaji. "Sharkbird" e "Sem Palavras" foram publicadas na extinta "Desenhe e Publique Mangá", da editora Escala. Agora, estamos todos numa nova luta, aqui, no site Desenhe & Publique. Força para nós!

Cristiano G disse... 『Responder esse comentário』 29 de novembro de 2010 23:28

Anônimo, muito obrigado.

Cristiano G disse... 『Responder esse comentário』 29 de novembro de 2010 23:30

@K' Junior

Valeu, cara! Espero que veja muitos!

Cristiano G disse... 『Responder esse comentário』 29 de novembro de 2010 23:33

@Mari Melo
Mari, você tocou fundo agora. O pai de Akira é um dos meus grandes ídolos do Japão. Brigadão mesmo!

Cristiano G disse... 『Responder esse comentário』 29 de novembro de 2010 23:36

@André Inácio
Obrigado, Inácio. Cenário era o que eu menos gostava de fazer, até que descobri a mandinga: em matéria de cenário, desenhe só o que você gosta. E o que não gosta, simplesmente não desenhe!

Cristiano G disse... 『Responder esse comentário』 29 de novembro de 2010 23:42

@ZENM
Brigadão, ZENM! Eu gosto dessas coisas de política e conflitos ideológicos, principalmente. Você está certo que uma série dessa história seria um grande desafio. Mas espero vencer esse desafio um dia. Meus planos são simples: vencer e... Vencer! Brigado mesmo!

Cristiano G disse... 『Responder esse comentário』 29 de novembro de 2010 23:43

@IKI - Rafael
Vou tentar, mas é que me sinto meio estranho desenhando desse jeito (não que seja difícil). Mas vou tentar.

Cristiano G disse... 『Responder esse comentário』 29 de novembro de 2010 23:45

@Dayla Assuky
Dayla, eu quero fazer dessa história uma série, com muitos personagens e diálogos fortes. Espero que você veja isso acontecer. Obrigado!

Cristiano G disse... 『Responder esse comentário』 29 de novembro de 2010 23:47

@Lord Alex
Eu também estou louco para ver essa continuação (na verdade, a mesma história, mais aprofundada). Obrigado!

Cristiano G disse... 『Responder esse comentário』 29 de novembro de 2010 23:53

@Mari Melo
O seu blog é muito interessante. Gostei da história da casa do pessoal da D&P e da imagem de entrada (muito legal).

Renan Amaral disse... 『Responder esse comentário』 2 de dezembro de 2010 04:18

Cristiano!

Pelo amor de deus, não desenhe em sentido oriental, tu vai perder toda tua dignidade!

Cara eu lembro do Sem Palavras, era excelente, na edição que ele saiu, foi o único que me prendeu a ler! Tenho até hoje lá em casa! HAhaHahaha!

Sério, tá muito boa tua história, não mude para oriental, por favor!

Renan Amaral disse... 『Responder esse comentário』 2 de dezembro de 2010 04:21

Esqueci de perguntar, tu tem algum site ou blog?

Cristiano Gomes disse... 『Responder esse comentário』 3 de dezembro de 2010 01:21

Olá, Renan! Eu realmente não tenho muita vontade de desenhar no formato oriental. Acho que não faz sentido, já que lemos na forma ocidental... Embora que, se fosse pra ler um mangá do Japão, eu gostaria que ele estivesse no formato oriental, porque ele foi feito assim (e deve ser melhor de ler assim, senão o pessoal fica tudo canhoto [nada contra canhotos, já que o meu maior personagem é canhoto]). Mas pra eu fazer oriental... Tá difícil. Só se fosse pra participar de um concurso lá fora (e se fosse requisito obrigatório).

Que bom você lembrar do Sem Palavras! Cara, aquilo foi nos bons tempos das inúmeras revistas que ensinavam mangá.

Eu vi o teu blog do Jarro Mágico. Guardei aqui nos favoritos pra ler depois (são 5 da manhã, e tou morrendo de sono, senão lia agora, mas já senti que tem uma boa "energia de mangaká").

Meu blog é esse:
http://ufosburger.wordpress.com/
Você pode acessá-lo clicando no meu nome do avatar.

Mas esse blog não tem muito a ver com mangá. Tem desenhos e matérias sobre ETs, assunto do qual gosto muito, mas muitos acham chato. :(

É isso. E valeu pelo comentário! :)

Cristiano Gomes disse... 『Responder esse comentário』 3 de dezembro de 2010 01:39

Aew, Renan! Acabei de ler o 1° capítulo do teu mangá do Jarro... É muito bom (coloquei um comentário lá)! Como disse no teu blog, teu mangá se desenrola naturalmente. Pra quem não sabe o que é isso, significa que a história é contada passo a passo, sem pular nenhuma parte, por menos importante que pareça. Isso faz com que demore-se mais pra contar a história, mas vale a pena. Ela ganha 100% em realismo.

Continue assim cara! Quando acordar eu leio o resto (são 06:38 e ainda não dormi). XD

laryssa.siatti disse... 『Responder esse comentário』 8 de dezembro de 2010 14:53

puxa... é uma pena q os quadrinhos brasileiros são tão desvalorizados aqui no Brasil =\ seria tão bom poder publicar assim para ser vendido pelas bancas...

parabens Cristiano!

Cristiano disse... 『Responder esse comentário』 10 de dezembro de 2010 16:38

Laryssa.siatti disse bem.

Gostaria de ver todos os nossos mangás nas bancas.

Quem sabe isso não acontece?

E obrigado você, Laryssa, por ver o meu mangá!

Cristiano disse... 『Responder esse comentário』 10 de dezembro de 2010 16:55

Quem quiser ver esse desenho (do navio Levyathan) bem maior e colorido, esse link vai direto pra imagem:

http://twixar.com/bqIpMH

É um desenho que eu fiz um tempo depois de fazer o mangá.

Tem 4369x3524 pixels. É grande, mas abre rápido (por ser um gif).

The Fool disse... 『Responder esse comentário』 11 de dezembro de 2010 15:32

Só precisava dar um tapinha nas expressões dos personagens em algumas poucas páginas, mas tá ótimo!
E que pena que é one-shot, aí tem script pra fazer uma aventura bem longa!
Abraços!

Cristiano disse... 『Responder esse comentário』 13 de dezembro de 2010 19:25

The Fool, valeu pelo tapa.

Realmente, como a Marcela do "Sonhos" (o mangá dela, não o meu) me mostrou, o meu desenho é meio "duro", comportado demais.

Talvez desenhar mangá seja que nem dançar. O mangaká tem que se soltar pra se expressar melhor.

The Fool disse... 『Responder esse comentário』 14 de dezembro de 2010 06:58

Não é o caso, Cristiano...*coloca um band-aid onde deu o tapa* Veja, a história fluiu bem, isso que estou comentando é então, bobeira. Detalhe. Você deve saber disso, só treinando pra deixar o traço menos duro e mais natural, então desenhe sempre.
Abração!

Cristiano Gomes disse... 『Responder esse comentário』 23 de dezembro de 2010 15:17

The Fool, band-aid colocado (com o desenho do Kaneda com a bike dele em cima).

E realmente, a prática (ou o treino) leva a perfeição.

Valeu pelos coments!

Anônimo disse... 『Responder esse comentário』 29 de dezembro de 2010 19:17

aaah adorei, nao sou muito fã de historias assim mas adorei os desenhos !!!!
você desenha muito bem!!
espero que vire anime um dia
Parabéns
boa sorte (^w^)

Cristiano Gomes disse... 『Responder esse comentário』 1 de janeiro de 2011 20:32

Anônimo(a), obrigado pelos elogios. Eu também espero que um dia, essa e outras histórias de mangakás burajirojins virem animes.

E que eles sejam sucesso como os do Japão!

E que passem no Japão! E que sejam sucesso lá também!

E muito obrigado também, por me desejar sorte.

Renisson Francisco disse... 『Responder esse comentário』 1 de março de 2011 17:11

Caraca, fiquei impressionado com os detalhes desse mangá, os desenhos são óóóóótimos, e os cenários melhores ainda.. sei que já faz um tempo que você publicou esse mangá, mas eu só fui vê-lo agora, não conhecia esse site a um tempo atrás..

Nuss, parabens mesmo, quero desenhar tão bem quanto vc um dia ^^

Meu blog -- http://renisson.blogspot.com
Meu mangá está lá no blog, é um mangá muito mal desenhado, mas é engraçado .. ^^
Espero que você dê sua opinião sobre o meu mangá lá no blog.

Cristiano Gomes disse... 『Responder esse comentário』 3 de março de 2011 04:03

Aew, Renisson, seu mangá é muita onda, cara! Ridimai!

Desenvolva mais história. Ela é mais importante que desenho. Sempre!

Depois (ou ao mesmo tempo), você desenvolve seu desenho. Não que seja mais fácil, mas não adianta nada um desenho "superfodástico" numa história "supermerdástica"...

(falando sem frescura)

Paulo Munir Uequed disse... 『Responder esse comentário』 15 de abril de 2012 22:15

Adorei os desenhos técnicos, francamente.
Achei sci-fi demais para uma estória que começou com elementos tão tradicionais, mas enfim.
Continue caprichando assim. E dá uma melhorada na figura humana.

Cristiano disse... 『Responder esse comentário』 20 de abril de 2012 17:48

@Paulo Munir Uequed

Olá, Paulo!

Fiquei surpreso de ver que ainda comentam essa história.

Acho que essa história se enquadra no estilo steampunk (?), que mistura ficção científica com cenários retrô (mas na verdade, quando criei essa história, nem sabia que existia esse estilo de quadrinho).

Hoje em dia capricho quase nada, em se tratando de desenhos. Minha ideia é caprichar sim, mas nos roteiros.

E a figura humana? Acho que você vai se decepcionar de ver que estilizei ainda mais essa parte. Tudo para facilitar a vida do roteirista (eu mesmo).

Obrigado por ler Levyathan!

Erix Zero disse... 『Responder esse comentário』 24 de maio de 2012 10:08

Legal!

Erix Zero disse... 『Responder esse comentário』 24 de maio de 2012 10:08

mangakasbrasileiros.blogspot.com.br

Daiandreson_ disse... 『Responder esse comentário』 1 de junho de 2012 11:07

Bom, o roteiro está bem feito

Cristiano Gomes disse... 『Responder esse comentário』 26 de julho de 2012 14:30

ERIX,
Obrigado!

Cristiano Gomes disse... 『Responder esse comentário』 26 de julho de 2012 14:30

DAIANDRESON,
Obrigado você também!

Anônimo disse... 『Responder esse comentário』 31 de julho de 2012 20:02

muinto bom

Adriano Martins disse... 『Responder esse comentário』 24 de julho de 2014 10:56

Fiquei impressionado com a história, com os cenários, com a narrativa. Uma coisa que vejo frequentemente é muitas histórias com desenhos bons e pobres de "efeitos sonoros". Você abusa das onomatopéias, e isso enriquece o ambiente e a história como um todo. Vou ficar atento para outras novas.

Postar um comentário