DPZINE Logo
HOME CÍRCULO PARTICIPE CONTATO LINK BLOG FÓRUM SOBRE

8º Capítulo de Sonhos de Gabriel por Cristiano Gomes

www.dpzine.com

www.dpzine.com

www.dpzine.com

www.dpzine.com

www.dpzine.com

www.dpzine.com

www.dpzine.com

www.dpzine.com

www.dpzine.com

www.dpzine.com

www.dpzine.com

www.dpzine.com

www.dpzine.com

www.dpzine.com

www.dpzine.com

www.dpzine.com

www.dpzine.com

www.dpzine.com

www.dpzine.com

www.dpzine.com

16 comentários:

HED KIRA disse... 『Responder esse comentário』 31 de outubro de 2011 10:11

cara me lembrou os filmes clássicos de chaplim ..bacana o sonho gostei ,parabéns e continue postando mais

Cristiano disse... 『Responder esse comentário』 31 de outubro de 2011 12:28

HED KIRA,

Valeu por comentar! Não era minha intenção fazer referência ao Chaplin, pois na verdade, eu só queria contar uma história mais light, e sem palavras (inspirado num one-shot que fiz com esse nome ["Sem Palavras"]). Mas agradeço a comparação, pois o Charles Chaplin é um dos grades mestres do humor, se não for o melhor.

Eu li teu mangá, o Kira Corp, e é uma história interessante, e com um grande potencial (além de não ser apressada, como muito mangá nervosinho que tem por aí, que vai mostrando logo tudo).

Espero que continue a desenvolvê-la, pois quero ver onde ela vai dar.

Um lance técnico pra tu se ligar, sobre a tua história: busca fazer as letras só em maiúsculas, que é o normal em quadrinhos, pois é mais fácil de ler quando os balões são pequenos (eu li tua história no teu blog, pois no DPZINE ficou um pouco difícil de ler).

Se quiser, tu pode revisar o texto dela, tornando-o mais visível, e mandar de novo pro DPZINE, como fez o autor de Moten Sago:

http://mangas.desenheepublique.com/2011/09/moten-sago-cap-1.html

Ele mandou 3 versões do mesmo capítulo, sempre buscando melhorá-lo. Até foi criticado por isso, mas sinceramente, acho que ele está certo. Temos que prezar pela qualidade, se queremos que um dia exista um mercado de mangá nacional.


É isso. Espero que nos "vejamos" cada vez mais aqui.


E sucesso nos seus mangás! o/

DESENHEIRO disse... 『Responder esse comentário』 31 de outubro de 2011 13:52

Isso só o mostra o quão grande é a sua capacidade de criação! No inicio me veio aquelas historias da turma da Monica que utilizava apenas desenhos.

HED KIRA disse... 『Responder esse comentário』 31 de outubro de 2011 17:04

valeu pela dica , eu acho justo ele ser criticado pelo fato de enviar a mesma historia , o deve de todos que postam aqui é ajuda os outros a melhorar apontando erro e dando dicas e não esculacha os outros ...enfim ,muito obrigado mesmo ...eu estou tentando corrigi os erros

flay disse... 『Responder esse comentário』 31 de outubro de 2011 18:16

muito bacana mesmo

cada capitulo tem sempre algo diferente pra mostrar

parabens cristiano

continue com seus grandes trabalhos

Cristiano disse... 『Responder esse comentário』 31 de outubro de 2011 19:37

DESENHEIRO,

Tem razão, parece turma da mônica. Talvez eu tenha feito isso inconscientemente. =(

HED KIRA,

Faz isso mesmo cara! É uma coisa simples, mas que vai fazer mais gente apreciar aquela ótima história!


Flay,

Justamente, é essa a proposta do Sonhos de Gabriel. Mas ainda buscando manter uma historyline central.


Aews!

Kaor disse... 『Responder esse comentário』 1 de novembro de 2011 07:39

Faz muuuuuuito tempo desde que postei pela ultima vez

Tb tinha parado de desenhar por causa de um grande inimigo que pairou bem diante de mim,presisei de varias potions,ethers e algumas phoenix down.
a poderosa preguiça
O HP dela era muito alto e me tomou uns meses ate vencer,entao eu voltei a continuar meu esboço a um tempinho ja(ontem)
(Isso tb se reflete a postagens)
Porem todo dia visito o site

Quando eu vi os primeiros quadros fiquei assim:
:D Uhhuuu Zelda a Link to the Past(o cara dormindo me lembrou os personagens dormindo nesse jogo)

A primeira coisa que veio a minha mente apos "ler" esse capitulo foi o Sem Palavras (que ocupou cerca de 20 a 22% da minha infancia),nem presiso falar por que foi ele ne?
Nao lembro se aquele outro manga O Aeroclube e mais recente ou mais velho que o sem palavras(resolvi usar o Aeroclube pq esse de agora eu creio que tenha sido proposital mesmo,afinal todos os quadros estao do mesmo tamanho)

Vc gosta muito de usar quadros grandes (se me lembro bem o minimo de quadros por pagina do Aeroclube era tres),isso pode ser tanto uma coisa boa como ruim

Mas nesse capitulo isso se encaixou muito bem,tornou a leitura extremamente facil(muito mais facil que o sem palavras)

Isso e um ponto muito positivo,Tite Kubo e um mestre em se fazer uma leitura facil(tinha que cita-lo quando se trata disso),quando a leitura e muito facil vc nao para de ler nem se quiser,isso é serio (frases de efeito com umas cinco ou dez palavras tb ajudam a facilitar a leitura)

Uma vez eu nem tava la gostando muito de uma outra historia qualquer ai mas para ver a proxima cena vc nao tinha esforço nenhum,eu queria fazer outra coisa mas meu sibconsciente pensava "so ver o proximo quadro e pronto",quando eu via em menos de 1 segundo toda a mensagem era captada e eu podia passar pro proximo mesmo que nao fosse la muito bom,e foi assim ate o final.

Cristiano disse... 『Responder esse comentário』 1 de novembro de 2011 22:19

Kaor,

Obrigado por prestigiar meu mangá, comentando sobre ele.

Até que eu me perco às vezes em datas, mas se não me engano, fiz "O Aeroclube" uns dois anos depois do "Sem Palavras".

Você diz que "Sem Palavras" ocupou 22% da sua infância? Como foi isso? Fiquei curioso pra saber...

A questão da quantidade dos quadros por página é mesmo bem interessante, não acha? Eu vivo fazendo pesquisas sobre isso (também), e descobri, por exemplo, que num mangá de luta, 5 quadros por página é a média ideal.

Outros fatores contam também, como a quantidade de balões por página. Tudo depende da história. Um exemplo:

A maioria dos mangás de luta usa 5 ou 6 quadrinhos por página, e ao todo, de 5 a 7 balões.

Mas histórias tipo "dia a dia", como Bakuman, podem ter até 10 quadros e 17 balões por página.

Quanto menos balões, melhor a interação com a dinâmica da história, mas por outro lado, quanto mais balões, maior a interação com os personagens, pois fica mais claro a maneira como pensam (que se passa melhor no texto do que nos desenhos).

Como não dá pra saber qual a quantidade certa pra cada história, deve-se seguir a lei da fluência, deixando a história seguir como se fosse real. Coloque a fala que acha que aconteceria se essa cena fosse real.


Mudando de assunto,

Exclusivamente para o pessoal aqui do DPZINE, tou terminando o 1º capítulo de uma história novinha em folha, e com um estilo bem diferente (acredito) do mostrado aqui. Não é comics, mas também não é o usual mangá.

Ainda essa semana, ela sai.



Até!

Kaor disse... 『Responder esse comentário』 2 de novembro de 2011 02:55

Ja tinha notado que mangas de luta sempre continham menos quadros e baloes que historias que contam o dia a dia
E mangas shoujo em varias vezes "bagunçam" os quadros na pagina,porem nunca tinha parado para pesquisar sobre isso,foi interessante saber.

(caramba,Bakuman pode ter 17 baloes numa pagina....pensando bem é isso mesmo,deve dar um bom trabalho aos tradutores)

No caso do sem palavras,nunca fui de comprar ou ler muitas revistas de anime(a unica revista que eu realmente comprava regularmente(alem de mangas) era a Nintendo World)e aquela Anime Do era uma das poucas que eu tinha
Acontece que eu lia ela direto (principalmente os mangas brasileiros que tinha no final,e foi so esse volume,lia e re lia sempre por vaaarios anos),e ainda estou com ela.

Cristiano disse... 『Responder esse comentário』 2 de novembro de 2011 10:53

Kaor,

Você falando assim do "Sem Palavras", me deixou realmente sensibilizado. Naquela época, eu cheguei até a esboçar um segundo capítulo, mas como o mangá é uma atividade muito complexa, que praticamente exige do autor ser bom em tudo, acabei deixando-o de lado para desenvolver o roteiro e a escrita nos quadrinhos "falados", entre outras coisas.

Como disse pro Bruno Alex, eu estou empenhado em fazer um mangá de luta, que é o tipo de mangá mais popular no Japão, e acredito, seria aqui também (julgando pelos mangás que o pessoal daqui vê mais). Meu objetivo é fazer um mangá o mais popular possível, para quebrar de vez esse muro que nos separa de um real mercado de mangás nacionais em grande quantidade.

Por isso, vou continuar aqui com meu projeto de mangá de luta, enquanto penso no que fazer depois de enviar o primeiro capítulo (estou pensando em fazer outro, paralelalmente, para explorar todas as possibilidades).

Uma continuação do "Sem Palavras" não está descartada, e vou pensar nisso com carinho, pois aquela foi uma das histórias que mais me deu prazer de fazer.

Talvez o motivo principal fosse que eu gostava de uma garota que tem uma filha que é surda, e que por isso, não aprendeu a falar direito, e lia mal. Eu quis fazer uma história que ela não precisasse ler (deve ser a quarta vez que conto essa história aqui, mas gosto que as pessoas saibam que as motivoções pra alguém desenhar um mangá podem ser muito diferentes).

Agradeço realmente a Deus o fato de existir um leitor que tenha gostado tanto daquela história, e espero poder fazer outras que provoquem essa mesma reação nas pessoas.

Mais uma vez, obrigado pelas suas palavras.


Até mais! E sucesso nos seus projetos!

Amanda disse... 『Responder esse comentário』 2 de novembro de 2011 14:12

Interessante,não boa,mas interessante.

Matheus Leonardo disse... 『Responder esse comentário』 2 de novembro de 2011 17:33

realmente sou um grande fã de seus trabalhos, pois vc traz
qualidade e sempre busca agradar ao publico a amanda a pouco
disse que a historia ñ e boa mas interessante, discordo
pois é engraçada e como já disseram, lembra de Chaplim cada um possui seu ponto de vista, estou no aguardo dos proximos capitulos e se voce cancelar essa tambem coloco seu nome no death note xD, estou tentando vencer a preguiça e voltar ao trabalho de shinigami.

Cristiano disse... 『Responder esse comentário』 2 de novembro de 2011 22:45

Amanda,

O fato de você achar esse capítulo interessante pra mim já está muito bom. Obrigado!

E obrigado por ler - e por comentar. ^^



Matheus Leonardo,

Por favor, não coloque meu nome no Death Note! Ainda tenho muito mangá pra desenhar! XD

Mas falando sério, nem precisa se preocupar, pois essa história não pode ser cancelada. Na verdade ela já foi toda feita há anos (todos os 18 capítulos), e já a enviei completa para o DPZINE.

No entanto, como "O Mundo dos Sonhos" (aqui renomeada para "Sonhos de Gabriel") é a minha história preferida do coração, estou sempre pensando numa nova versão. No caso, essa que está sendo publicada pelo DPZINE é a 5ª, se não me engano.

Espero fazer logo a 6ª, assim que terminar meus projetos atuais em mangá.

E também espero que você, como shinigami, continue na preguiça. ^^

Junior Meneses disse... 『Responder esse comentário』 3 de novembro de 2011 17:45

Parabens Muito bom! *-*

Elba Mara Mendonça disse... 『Responder esse comentário』 10 de novembro de 2011 04:02

Legal sem balões, gosto dos seus capitulos Cristiano , é sempre diferenciado um do outro , isso é interessante.

Cristiano disse... 『Responder esse comentário』 10 de novembro de 2011 15:43

Elba,

Valeu mesmo! Nessa fase eu fazia muitas experiências. Essa foi uma delas (embora já tivesse feito o "Sem Palavras", mas eu quis testar essa linguagem com uma história que nãofoi preparada pra isso).

E cadê o Stalking no DPZINE?

Por falar nele, vou ver se tem um novo capítulo. Acho que o último que li foi o 29 (se não me engano).


Aews! o/

Postar um comentário