DPZINE Logo
HOME CÍRCULO PARTICIPE CONTATO LINK BLOG FÓRUM SOBRE

2º Capítulo de O Mito da Caverna por Cristiano Gomes

www.dpzine.com www.dpzine.com



www.dpzine.com www.dpzine.com



www.dpzine.com www.dpzine.com



www.dpzine.com www.dpzine.com



www.dpzine.com www.dpzine.com



www.dpzine.com www.dpzine.com



www.dpzine.com www.dpzine.com



www.dpzine.com www.dpzine.com



www.dpzine.com www.dpzine.com



www.dpzine.com www.dpzine.com



www.dpzine.com

23 comentários:

flay disse... 『Responder esse comentário』 18 de novembro de 2011 18:02

ta muito bacana

ficou meio confuso no começo

mas pelo que puder perceber a historia pulou mais pra frente

talvez mais pra frente seja revelado oque realmente aconteceu e como eles foram para no tunel

parabens pelo trabalho

flw

Larissa oliveira disse... 『Responder esse comentário』 18 de novembro de 2011 18:10

Nossa muito bom Cristiano! Imagino o trabalho q deve dar para diferenciar as siluetas ò.ó Ansiosa pelo proximo!

Larissa oliveira disse... 『Responder esse comentário』 18 de novembro de 2011 18:13

Ah e mais uma coisa Vc vai mostrar a cara dos personagens? To loka pra saber como eles sao Principalmente a Ousia (gostei dela num sei pq hahahahah)
Aew

Cristiano disse... 『Responder esse comentário』 18 de novembro de 2011 19:54

Flay,

A história ficará absurdamente simples a partir do 3° capítulo (já em andamento), quando começam as batalhas (que é onde queria chegar, desde o início).

Sim, eu pensei muito antes de decidir dar esse salto. Havia toda uma saga planejada para se chegar aos túneis, mas por motivos maiores, que esclarecerei depois, precisei mostrá-los nos túneis logo agora.

Por outro lado, dá mais tempo pra pensar melhor em como mostrar essa parte que ficou suprimida (e que considero importante demais pra mostrar de qualquer jeito, levianamente).

E obrigado, Flay. Estou me esforçando pra merecer sempre esse seu apoio. o/



Larissa,

Na verdade, não me dá muito trabalho, porque eu os tenho bem definidos na minha mente (onde posso, praticamente, vê-los como são, sem ser na forma de silhuetas).

Por outro lado, eu também estou louco pra ver como eles ficariam num desenho. Vivo imaginando como desenhá-los e colori-los! :D

Mas vou ter que me segurar até onde der, pois a proposta do OMC é mostrá-los como sombras, pelo menos, até saírem pra superfície, ou melhor, para o "mundo verdadeiro", como disse o anjo Gabriel nesse capítulo. (Por que será que ele disse isso?)

E por falar nele, aproveito para dizer que esse Gabriel não tem nenhuma relação com o Gabriel das histórias "O Mundo dos Sonhos", "Sonhos de Gabriel" e "Cosplay - A Matança" (mesmo ambos sendo anjos).

Nessa história eu estou fazendo um apanhado de vários temas e personagens a ver com "verdades proibidas a serem reveladas", como anjos (Haiael, Gabriel), dogus (esses carinhas aí de rosto esquisito, parecendo símbolos) e seres mitológicos (como o Kraken, também citado nesse capítulo).

PS1: É só um chute da minha parte, mas acho que você gostou da Ousia (cujo nome significa "ser") por causa da ambiguidade de espírito que ela apresenta: em uma hora, é uma guerreira impiedosa, capaz de matar sem pestanejar, e na outra, é apenas uma menina frágil e indefesa, carente de amor e proteção (exatamente como certas mulheres). Será que acertei? ^^'

PS2: Se alguém quiser desenhá-los, ou representá-los de alguma forma, sinta-se livre para fazê-lo. (Só gostaria que depois me passassem um link pra ver como ficou, pois isso seria muito, mas muito legal de ver!)

c8ris disse... 『Responder esse comentário』 19 de novembro de 2011 04:24

bem legal

m2rodrigues disse... 『Responder esse comentário』 19 de novembro de 2011 13:49

Nossa, Cris! Parabéns pelo primeiro (e terceiro!) lugar da semana passada!

Excelente a história!

Mal posso esperar pra ver o que acontece! Adoro tuas histórias, tu experimenta coisas novas e até agora se deu muito bem! Meus parabéns!

Sucesso!!

Junior Meneses disse... 『Responder esse comentário』 19 de novembro de 2011 16:20

Muito Legal! Asim como a Larissa oliveira estou curioso sobre os rostos dos personagens!

Cristiano disse... 『Responder esse comentário』 19 de novembro de 2011 22:06

c8ris,

Esse nik significa Chris? Se for, seu nome deve ser algo como Cristiane ou Cristina, o que nos faz "quase-xarás". ^^
Bom cê ter achado legal. Espero que nos próximos capítulos ache OMC ainda mais legal.


m2rodrigues,

Valeu mesmo! o/
Quero ser ainda mais merecedor da sua atenção nos próximos OMC!
Gosto muito de experimentar novos lances de roteiro/desenho. Acho que uma das coisas que mais detesto é a mesmice, por isso busco sempre algo novo.
Mas sempre tendo em mente que algo novo só é novo uma vez. Depois vira banal.
E sucesso para você também!
E eu também tou esperando pelo próximo capítulo de NTS!

Junior Meneses,

Minha curiosidade se junta a de vocês, já que nem nunca sequer esbocei como eles seriam realmente (essa surpresa também é pra mim).
Ah, e sobre o Oly's Life, também espero pelo próximo capítulo, onde "As últimas revelações serão reveladas!" (muito boa, essa!)

E tem outra coisa do Oly's que sempre me lembro:

IGNORE...
IGNORE...
IGNORE...
IGNORE...
IGNORE...
IGNORE...

hahahah Bom dimais! Eu rio toda vez que me lembro dessa cena! ^^

PS: Quem não leu o Oly's Life vai ficar boiando no que escrevi, sem entender nada.

Larissa oliveira disse... 『Responder esse comentário』 20 de novembro de 2011 11:53

Ah vc acertou e exatamente por isso q eu gosto mais da Ousia! Sabe eu sempre imagino ela igual aquela garota do seu mangá "A garota estrela" bem to loka pra saber como ela é ^^

Cristiano disse... 『Responder esse comentário』 21 de novembro de 2011 07:48

Larissa,

Acho que você acabou descobrindo algo sobre mim que nem eu sabia: que eu uso os mesmos personagens, sem saber que são os mesmos.

"A garota estrela" é baseada numa garota com quem sonhei quando tinha 14 anos. Eu a encontrava numa estação de trem e...

Bom, é uma longa história. Só tou confirmando que as duas se parecem mesmo.

Nos próximos capítulos você vai poder dizer por si mesma o quanto elas são parecidas. ^^

DESENHEIRO disse... 『Responder esse comentário』 22 de novembro de 2011 15:24

Cristiano, como vc faz para as paginas ficarem Limpinhas assim? e qual é o nome da fonte que vc usou nesse cap?

Cristiano disse... 『Responder esse comentário』 22 de novembro de 2011 17:09

DESENHEIRO,

Aew, cara! Acho que as páginas parecem limpas por causa do estilo "só silhuetas", que praticamente significa que quase não posso fazer riscos ou traços, só silhuetas. Então fica muito espaço em branco, ou "livre".

Bom, talvez ajude um pouco salvar em .gif (o jpeg, pra muita gente que não sabe, danifica um pouco - ou um muito - o desenho orignal). Além de ser o formato mais leve para páginas feitas em preto e branco ou Grayscale (a página 21, por exemplo, tem só 20,8 KB), eu salvo em apenas 16 cores, e aí não tem nem sombra de cor, nem de cinza desnecessário.

Outro formato que recomendo é o png, que também é muito leve. Mas o mais leve mesmo é o gif. Esse é o campeão.

As fontes usadas nessa história foram:

Comic Sans MS (conversa normal)
e
Komika Axis (falas de ação, onomatopéias ou falas de destaque)

No Photoshop CS2 tem muitos recursos para usar as fontes, e um que eu uso muito é diminuir a largura pra uns 80%, pra caber melhor no balão.

Às vezes eu também uso uma altura maior (110% ou 150%), pra dar mais destaque ao texto.

Somente na Comic Sans MS eu uso o itálico, pra dar destaque a algumas "falas normais". Na Komika Axis eu praticamente não altero nada, pois a acho perfeita.

Espero que essas dicas sejam úteis!

Mas acho que o melhor mesmo é ler Bakuman. Ajuda muito! Principalmente na empolgação que dá de desenhar mangá. XD


Aews!

Ace Hikari disse... 『Responder esse comentário』 23 de novembro de 2011 06:47

Você poderia criar um blog e ajudar um pouco o povo da dp,pelos seus conhecimentos(principalmente esse dá imagem que eu não sabia)Seria uma ótimapedida.

Além de que os blogs atuais sobre ensinamentos se limitam a dicas um tanto repetitivas........Eles não falam por exemplo os lugares para postar sua obra e etc.........

DESENHEIRO disse... 『Responder esse comentário』 23 de novembro de 2011 15:54

kkkkk espero que essa sua frase final não seja uma indireta Ace, Então Cristiano, cara perfeita as dicas! essa de salvar a imagem com 16 cores eu nunk teria imaginado nisso, e sobre as fontes valew tambem! vou salvar em Gif para diminuir o tamanho e melhorar um pouco a qualidade, Vlw mesmo cara, e ainda espero teus comentarios la no blog!

Cristiano disse... 『Responder esse comentário』 23 de novembro de 2011 20:58

Ace Hikari,

Eu tenho um blog, e uma vez a cada século, posto alguma coisa nele. Chama-se Ufo's burger (clicando no meu nome vai direto nele). É muito tosco, e trata de ETs e de desenho (nesse caso, como um portfólio). A página mais visitada é a que ensina a deixar um desenho 100% sem o fundo branco. Tem umas duas maneiras de se fazer isso descritas lá, mas devem ter outras até mais simples por aí, na net.

Se fosse só pra dar dicas de desenho, podia até ser, mas esse negócio de ensinar sobre mangá ou HQ é bem controverso. Eu não acredito que exista um só cara com moral pra ensinar isso no Brasil, tirando aqueles cuja bagagem é feita de sucessos: Ziraldo e Maurício de Souza. Mas mesmo esses só podem ensinar só sobre HQ, não sobre mangá. (Não, Turma da Mõnica Jovem NÃO É MANGÁ!)

Então, minha doutrina sobre mangás, que é só minha, é não seguir o conselho de ninguém (a não ser que seja um mangaká de verdade - do Japão).

Eu não aceito conselhos sobre como fazer roteiro nem desenho de mangá (se for um brasileiro que os der). Mas aceito os de como deixar meu mangá mais parecido com os mangás do Japão, ou com os scans que fazemos deles (como o conselho de escrever tudo em caixa alta, que eu aprendi aqui, no DPZINE).

E claro, eu mesmo não me considero com moral alguma pra ensinar algo sobre mangá. (Quantos são meus sucessos de mangá mesmo? Deixa ver... Publicados tenho... Nenhum! ZERO!)

Eu até mandei, num e-mail pra uma amiga minha, que ela mandasse eu me f#der, já que eu não tenho moral nenhuma pra dizer a ela o que fazer sobre isso de desenhar (e sobre um monte de coisas).

Pode parecer muito radical, mas é isso que penso de todos os brasileiros que postam dicas sobre como fazer um mangá, como se fossem mestres nisso.

Acho que todos deveriam se f... Quero dizer, fazer mangás de sucesso, ADQUIRIR MESMO esse sucesso, e SÓ DEPOIS DE FAZEREM REALMENTE MANGÁS DE SUCESSO, passar a ensinar alguma coisa sobre isso.

Tirando isso, é tudo dica sobre como deixar seu fanzine mais parecido com os mangás do Japão.

Por isso eu não fiz nem vou fazer um blog dando dicas (a não ser que seja sobre uma ou outra coisa de desenho em si, nada a ver com mangá. E mesmo assim, não possuo nenhuma grande bagagem que justifique fazer isso).


(Desculpem minhas palavras emocionadas, mas recentemente, li um artigo sobre como fazer roteiro de mangá, escrito por um brasileiro que, obviamente, não tem nenhum mangá de sucesso publicado [só publicar é besteira. Qualquer um faz isso]. E isso é simplesmente inconcebível. Que eu saiba, não existe um só brasileiro fazendo mangá de sucesso. Com podemos então ensinar mangá? Todos nós, apesar de chamarmos nossas obras de "mangás", fazemos apenas FANZINES. E só. Mangá se faz no Japão, E SÓ NO JAPÃO! Mas pra ensinar mangá, mesmo que seja um japonês, tem que fazer mangá! E de sucesso!)


DESENHEIRO,

Comentei lá teu artigo sobre clichês. É bem interessante falar disso. Com eu disse lá, odeio clichês, mas muitas vezes eu os deixo passar, por pura incompetência de fazer um roteiro melhor.

Mas tou dando um jeito aqui. Acho que ainda vou conseguir evitá-los. Ou ao menos reduzir muito a frequência com que eles aparecem nos meus "mangás" (fanzines).


Aews! o/

Ace Hikari disse... 『Responder esse comentário』 24 de novembro de 2011 07:50

Indireta????hummmmmmm depende huhuhuhuhuhuhu.

Discordo Cristiano mangá não é só feito no japão.a Coréia é uma das que pegaram a bagagem e tão fazendo muito sucesso,tanto que já foram lançados manhwa AQUI no Brasil!

E sim concordo sobre as dicas,de fato existem aos montes desses blogs e sites....mas 90 % não tem uma carreira definida ou um trabalho que ganhou destaque(não necessariamente bom,mas que ganhou destaque e que ainda ganha)

Alias que artigo foi esse que você leu?se não quiser falar aqui manda para o meu e-mail por favor????

nostaferus@hotmail.com

Desde já obrigado.

Cristiano disse... 『Responder esse comentário』 24 de novembro de 2011 11:03

Na verdade, continuo achando que mangá, só no Japão.

Até os coreanos sabem disso, e chamam seus "mangás" de manhwa, e têm suas próprias definições pra garotos e meninas:

http://pt.wikipedia.org/wiki/Manhwa

E não é só que trocou de nome. Quem já leu um manhwa sabe que existem mais diferenças que só o país de onde ele veio.

Quanto ao artigo que li, foi um que essa mesma amiga me passou. Não acho que seria legal mostrá-lo aqui, e nem por e-mail.

Mas pode-se dizer que o que escrevi aqui serve pra qualquer pseudomangaká que pensa ser capaz de nos ensinar a fazer mangá.

A verdade é que nunca faremos mangá, mas termos um mercado com algo semelhante num futuro próximo, é bem provável.

E se quisermos chamar esse produto de "mangá", "brangá", "manzil" ou seja lá o que for, isso não importa mesmo. Um nome é só um nome.

O que importa é a essência, que é a "Ousia" (o "ser") do mangá.

Somente se a compreendermos é que seremos capazes de chegar no mesmo nível de história que os japoneses. E isso, independente de estilo, nome ou sentido de leitura.

A essência podemos reproduzir, pois é como um espírito. É a ideologia, a base da teoria das formas, ou idéias, pregada por Platão.


Mas mangá mesmo, 100% mangá, só no Japão.

Larissa oliveira disse... 『Responder esse comentário』 24 de novembro de 2011 12:56

Eu concordo q TURMA DA MONICA JOVEM NAO E MANGÁ.
Mas eh so uma opiniao apenas vi o q o Cristiano falou e quis me expressar Desculpe se alguem gosta ^^

Larissa oliveira disse... 『Responder esse comentário』 24 de novembro de 2011 12:58

Ah e o ACE HIKARI tem razao (é a segunda vez q concordamos ^^)A coreia tambem faz mangás bons mas eu particularmente prefiro o japones, nao por achar melhor mas por gostar mesmo ^^

Cristiano disse... 『Responder esse comentário』 29 de novembro de 2011 11:17

Larissa,

Eu também prefiro os mangás aos manhwas.

Mas talvez isso dependa apenas de eu acabar lendo um bom manhwa, pra mudar de idéia.

E quem sabe, um dia, não prefiramos os mangás-br aos do Japão?

Todos podem conseguir chegar no nível dos mangás-jp. É só atingir o sétimo sentido (pegar o "espírito" da coisa, literalmente) que se chega lá.

Quem viu CDZ sabe bem do que tou falando. XD

(Uai, e quem não viu?)



Aews! o/

Anônimo disse... 『Responder esse comentário』 23 de dezembro de 2011 05:07

olaaaaaa to lendo o seu manga...ops nao eh mangá, neh?...bom to lendo sua HQ....muito legal cristiano....to gostando da historia, mas pra falar verdade nao curti muito os estilo tudo preto, mas no mais ta otimo. passa emoçao, é uma historia facil de ler... muito bacana, entao pela historia vou acompanhar ate o fim...que ja vi que ta no cap. 4
concordo com vc cristiano, mangá só no japao. no brasil e em outros paises se faz HQ em estilo mangá. turma da monica em estilo mangá. eh assim que chamam na minha cidade. entao todas essas historia em quadrinhos sao baseadas no manga que soh tem no japao...
ja li muitos manhwas e garanto cristiano tem historias otimas, mas quem ta acostumado com manga vai estranhar um pouco e notar bastante diferenças. gosto tmb dos quadrinhos europeus.
abbraço a todos

leandro monteiro

Cristiano disse... 『Responder esse comentário』 12 de janeiro de 2012 08:13

@Anônimo

Já viu The Breaker, e a continuação, que está saindo agora, The Breaker - New Waves?

São manhwas incríveis de luta! E uma das melhores histórias que já vi (mangá ou não).

Esta versão de OMC está perto de acabar. Deve terminar no capítulo 6.

Obrigado pela audiência!

Anônimo disse... 『Responder esse comentário』 28 de janeiro de 2012 08:54

ta muito bom mas prefiro o traço que vc usou no sonho de gabriel!!!parabens

Postar um comentário