DPZINE Logo
HOME CÍRCULO PARTICIPE CONTATO LINK BLOG FÓRUM SOBRE

2º Capítulo de A Busca por Cristiano Gomes

www.dpzine.com www.dpzine.com



www.dpzine.com www.dpzine.com



www.dpzine.com www.dpzine.com



www.dpzine.com www.dpzine.com



www.dpzine.com www.dpzine.com



www.dpzine.com www.dpzine.com



www.dpzine.com www.dpzine.com



www.dpzine.com www.dpzine.com



www.dpzine.com www.dpzine.com



www.dpzine.com www.dpzine.com



www.dpzine.com www.dpzine.com

24 comentários:

Anônimo disse... 『Responder esse comentário』 22 de janeiro de 2012 03:39

Que mulher maluca, o cara salva a vida dela, ajuda a organizar os pensamentos dela e ela ainda diz que vai matá-lo... não é atoa que o namorado a abandonou... hehehe

Gostei do capítulo

Anônimo disse... 『Responder esse comentário』 22 de janeiro de 2012 05:33

Nossa! capitulo legal! cara, vi que voce melhorou o traço.....bem bacana.otimo capitulo.

Cristiano disse... 『Responder esse comentário』 22 de janeiro de 2012 09:28

@Anônimo

Hehe

Ela é mesmo bem maluquinha. Nem quando a criei, no primeiro capítulo, eu a imaginava assim. Mas ela ganhou vida própria, e nem eu sei o que ela vai fazer agora. XD

Obrigado por acompanhar A Busca!

Cristiano disse... 『Responder esse comentário』 22 de janeiro de 2012 09:36

@Anônimo

Obrigado!

Nesse capítulo eu usei um traço mais "humorado", descontínuo, o que achei bom.

Mas errei no tamanho dos pontos da retícula que apliquei. Ficaram tão pequenos que pareceu um cinza chapado.

Bem, mas como não se trata de um mangá, não precisa mesmo ter retícula.

Por isso estou pensando se no próximo capítulo eu vou usar retículas ou um tons de cinza.

(Estou aberto a sugestões)

Larissa oliveira disse... 『Responder esse comentário』 22 de janeiro de 2012 14:18

Uau! Adorei
O capitulo foi otimo me prendeu do começo ao fim !!!
E as reticulas ficaram otimas Se quer uma sugestao eu digo q vc deve usar reticulas Parabens estou ansiosissima pelo proximo Vai demorar muito hein? E vc faz a mao ou no pc?(quantas perguntas rsrsrs)

wolkining disse... 『Responder esse comentário』 22 de janeiro de 2012 16:54

QUE MULHER LOKA TA TARADA TA TARADA KKKKK MUITO BOM SO NAO SEI SO QUE É ESSE MANGA SE É AÇAO ROMANCE VIOLENCIA EU SEI Q NAO É SHONEN NAO SEI MAIS AGUARDO O PROXIMO BY:MS MANGA

Cristiano disse... 『Responder esse comentário』 22 de janeiro de 2012 21:12

@Larissa oliveira

Se você gostou desse capítulo, deverá gostar ainda mais do próximo.

Já tou planejando ele, e por mim, sai um a cada 2 semanas (sendo então quinzenal).

Gostaria que fosse semanal, mas existem muitos fatores que (infelizmente) me forçam a essa periodicidade.

Da próxima vez vou fazer que as retículas fiquem com mais cara de retículas. Ainda tou pensando se deve ser tons de cinza, mas simpatizo mais com as retículas mesmo. Se a maioria decidir por elas, é com elas que eu fico.

Eu ainda não consegui arranjar um escaner, por isso, ultimamente uso uma tablet Bamboo (Wacom) pra fazer tudo. Acho que é a mesma que é o prêmio do GO MANGAKA.

Ela é muito boa, e creio que seja o suficiente pra essa história.


Se tiver mais perguntas, pode mandar! Não se acanhe, pois eu adoro responder perguntas. ^^

E por favor, continue acompanhando A Busca!

Cristiano disse... 『Responder esse comentário』 22 de janeiro de 2012 21:32

@wolkining

A história ainda está bem enrolada mesmo (e por isso, tão difícil de definir), pois ainda é o início.

Mas é natural que com o tempo se torne mais claro sobre o que ela é.

Por outro lado, não teria graça se já soubéssemos o que o Sel está procurando. Na verdade, nem ele sabe! (!...) Mas vai saber.

E não é nada que ele possa imaginar agora.

Pra descobrirmos o que é, eu conto com vocês pra lerem comigo as continuações.

Até o próximo capítulo!

Anônimo disse... 『Responder esse comentário』 23 de janeiro de 2012 10:43

paulohugo; acho q fica melhor as reticulas ,to gostando muito xd.

Cristiano disse... 『Responder esse comentário』 23 de janeiro de 2012 17:41

@Anônimo

É, acho que já dá pra perceber que as retículas vão vencer.

Bem, como eu também as prefiro aos tons de cinza descarados, vai elas.

E obrigado, Paulo, por acompanhar minha história!

Claudio Kun disse... 『Responder esse comentário』 24 de janeiro de 2012 10:58

opa ...ta ficando ainda mais interessante essa historia
aguardando o proximo
parabens

Anônimo disse... 『Responder esse comentário』 24 de janeiro de 2012 16:54

Cristiano G. gomes. primeiramente te parabeniliso.
otima historia, e, mesmo palito, o segundo capitulo com a reticula savou, pois esta muito bom, pois ja o primeiro cap estava só "rabisco".
a tbm digo que a historia esta meio confusa, pois ainda nao sabemos muito, como disse, nen o cell(assim que se escreve?perdao)nen ele sabe.

mas uma pergunta te fasso.
vejo muitos desenhistas(entre aspas) que desenham muito mal, ou meia boca, que dao tudo de si p/ fazer sua obra. eu Amo desenha, ja estou ate duvidando, pois quero terminar um manga em 7 dias e sem vontade, nenhuma, estou sem nenhuma vontade......voce acha que eu que desenho ate q bem, tenho uma arte finalista recompensadora terminaria em 7 dias..?a algum segredo a desenha e ter a vontade? Desculpe qualquer coisa. Se quiser nao precisa responder, aprecio seu manga, arte e historia.

Eliezer França Aido disse... 『Responder esse comentário』 24 de janeiro de 2012 18:16

Cara, o seu roteiro está muito bom! Muito bom mesmo! E apesar do desenho ser muito simples, a narrativa é excelente! Vc sabe como contar histórias! Parabéns!

Cristiano disse... 『Responder esse comentário』 25 de janeiro de 2012 00:27

@Claudio Kun

Obrigado, Cláudio!

Devo enviar o 2º até a próxima semana.

Cristiano disse... 『Responder esse comentário』 25 de janeiro de 2012 00:44

@Anônimo

Obrigado!

Também acho que ficou melhor com a retícula, por causa do cabelo da Lesha. Assim, ela ficou mais sexy (Será que uma boneca de palito pode ser "sexy"?...)

Sel se escreve com "S", porque é um diminutivo de Samuel. Mas acho que dá alguma confusão se só pronunciar, porque aí se parece com "céu" (com "C").

Essa sua pergunta eu quero sim responder, até porque tem muito a ver comigo (e acredito, com vários outros autores daqui).

A minha solução pra esse problema de desânimo em continuar é simples, porém, radical (essa sempre são as melhores, não?):

Mude o que ia fazer.

Existem duas maneiras de fazer uma história:

1-Escrever todo o roteiro e depois finalizar.

2-Ir desenhando e improvisando o roteiro.

Já trabalhei e trabalho com as duas formas. Ambas têm vantagens e desvantagens, mas só uma delas provoca esse desânimo. E é a primeira.

Acontece que quem cria, detesta refazer qualquer coisa que seja (Ou sou só eu que detesto isso?.)

E quando a gente escreve ou apenas pensa em tudo que vai acontecer na história, e depois vai desenhar, isso meio que nos faz ter a sensação que estamos desenhando duas vezes a mesma coisa (aquela sensação de "já vi esse filme antes").

Geralmente, esse é um sinal de que o roteiro que você escreveu ou imaginou todo na sua cabeça não lhe agradou tanto quanto pensou.

Temos que lembrar que somos seres conscientes e subconscientes. Temos todos um lado "visível" e outro "oculto". E esse oculto é quem nos dá ou nos tira o ânimo de desenhar.

Então repense a história que ia fazer, e busque torná-la mais interessante pra você. Com isso, lhe garanto que o ânimo pra desenhá-la voltará.

Ah, e não se esqueça de acompanhar A Busca. :D

Cristiano disse... 『Responder esse comentário』 25 de janeiro de 2012 00:54

@Eliezer França Aido

Obrigado, Eliezer!

Eu quebrei a cabeça pra fazer esse segundo capítulo, porque a história ainda não tinha uma forma.

Sei que ainda parece que não tem, mas é que falta mostrar o que já foi decidido, e isso ficará mais claro a partir dos próximos capítulos.

Mas só vendo pra ver! (.....)


Então, por favor, continuem acompanhando A Busca!

Anônimo disse... 『Responder esse comentário』 27 de janeiro de 2012 08:49

Matheus
(consegui postar pelo celular! Kkkkkk foda não?kk)
yo bom trabalho cristiano-sensei! O roteiro e legal e porque nao dizer INCRIVEL.A guria e doida! Tem um post ai em cima que vc diz as duas formas de se fazer uma boa historia, pd se dizer q eu faço do modo numero 1 e muito estreçante!
Eu realmente quero logo publicar minha historia aki! Mais toda vez que eu completo o storyboard, name, rabisco ou o q quer q seja, eu releio e vejo que falta alguma coisa... Ai eu refaço... Refaço de novo... De novo... Faz um mês que eu to enrrolando na mesma historia (eu devo ser paranoico....) mas hoje eu acabei eu ainda acho que falta alguma coisa...
Bem deixando isso de lado parabens e estou esperando o terceiro capitulo!

Cristiano disse... 『Responder esse comentário』 28 de janeiro de 2012 01:35

@Anônimo

Olá, Matheus!

Eu nem sabia que se podia postar aqui pelo celular (mas no meu caso nem adianta, já que não tenho celular há anos...).

Obrigado pelo incrível!

A menina é doida mesmo, né? Você já conheceu alguém assim? Acha que existe alguma garota assim? Gostaria de saber...

Sobre as formas de se fazer a HQ, estou me esforçando pra conseguir o melhor das duas formas em uma.

Eu planejo a página que vou fazer e só depois de terminá-la passo a planejar a outra, prestando muita atenção, pra não comprometer a continuidade.

É bem mais esforçado que "criar na hora", mas vale a pena, já que também é menos descuidado.

E isso do(a) autor(a) sempre achar uma falha no que faz é puro medo.

Não importa quem faz a obra, nem o que ela é, sempre haverão falhas.

Quando o(a) autor(a) liga pra isso de falha (que sempre estará lá, mesmo que seja o maior mangaká do mundo) é porque tem medo de mostrar a obra, e se expor. Medo de entrar na arena do mundo, e ficar sujeito aos comentários e críticas.

"Isso é medo", como dizia o guru que tinha aqui onde moro. Um cara que dormia na rua por opção, e que era muito sábio (embora parecesse meio maluco).

Respire fundo, pense em todos os heróis que enfrentaram o medo de frente e mande a sua história com falhas mesmo.

Acredite, todo autor mandou uma história pra uma editora e depois se lembrou que tinha algo que poderia ter ficado melhor, ou que foi escrito errado. Você não será excessão.

Por falar em mostrar com erro mesmo, "exceção" é com cedilha.

Pra quem ler de primeira, tá errado o que eu disse, mas nem por isso deixei de postar minha resposta ao seu comentário.

O terceiro capítulo já tá saindo (já tou na metade).


Até ele!

Elba Mara Mendonça disse... 『Responder esse comentário』 28 de janeiro de 2012 05:21

Muito bom Cristiano, bem profundo, nos ensina muito, me lembra quando eu li o mundo de sofia e o coringa . Uma história que pode ter ensinar e entreter é a melhor delas . Acho que a maioria gostou das reticulas , eu gostei delas nos cabelos mas no fundo com a uma faixa branca contornando os personagens toda vez , me parece algo um pouco carregado.
Nem sempre o que as pessoas acham condiz com a verdade, nem sempre vc precisará mudar, as vezes é eles que terão que fazer isso, pq penso que é quem conta a história deve passar sua mensagem, mesmo que aparentemente não entendam da primeira vez, é algo a longo prazo como o próprio trabalho ^^ De qualquer forma , é muito bom Cristiano e se continuar assim sempre fará sucesso.

Cristiano disse... 『Responder esse comentário』 28 de janeiro de 2012 10:05

@Elba Mara Mendonça

Oi Elba! \o/

Concordo com você. Ainda estou vendo como usar essas retículas de uma maneira que combine com o desenho, sem confundir nem cansar o leitor. Acho que dei uma melhorada nesse 3° capítulo que já tou terminando (daqui pra segunda que vem).

Sobre isso de mudar, você tem toda razão. "Cada caso é um caso" é o que psiquiatras e especialistas de todo mundo deveriam levar em consideração. O mesmo elemento que pode ser remédio pra um, pode ser veneno para outros. Isso se aplica a soluções dadas por amigos, desconhecidos, gurus e doutores em qualquer coisa.

Mas no caso do Sel algo especial acontece. Isso ficará claro mais tarde (ou quem sabe, já no próximo capítulo?). Sel possui uma qualidade que apesar de não ser especial (ser comum a todos), ele não negligenciou, como a maioria o faz, e isso faz dele especial.

Como aquela história de reparar nas pequenas coisas, como um por do Sol, ou uma trilha de formigas. Mas algo além disso.

O que nos leva a seguinte pergunta:


O que é mais importante na vida?


Isso será tratado nessa história, embora "A Busca" não seja centrada sobre isso.

(Aliás, sobre o que é "A Busca" mesmo?)

Elba, obrigado por ler minha história! Espero que queira continuar acompanhando.




Até a próxima!

Anônimo disse... 『Responder esse comentário』 3 de fevereiro de 2012 02:37

Que mulher doida... e a historia é muito legal, eu só comecei a ler por que tava com dó dos seus desenhos, mais as retículas e os traços dos seus personagens me fez mudar de ideia.
A historia é bem iteresante e quero logo o próximo capitulo ! vê se não demora ! se não eu não vou ler mais. ¬¬

Cristiano disse... 『Responder esse comentário』 3 de fevereiro de 2012 07:17

@Anônimo

HUAHUAHUAAUHA!

Obrigado por ter dó dos meus desenhos!

Não se preocupe. Hoje mesmo estou enviando o 3º capítulo (aliás, por mim, tinha capítulo novo toda semana. Mas como disse antes, por motivos de força maior, só estou podendo enviar um a cada 15 dias).

(Porém, espero mudar logo essa periodicidade)

Conto com você para acompanhar A Busca!

Até a próxima!

Caio F. Costa disse... 『Responder esse comentário』 4 de fevereiro de 2012 20:05

Cara, meus parabéns, essa historia é bem atraente.
Você tem talento para as histórias.

Cristiano disse... 『Responder esse comentário』 22 de fevereiro de 2012 00:49

@Caio F. Costa

Obrigado mesmo Caio! estou me esforçando pra deixá-la ainda mais atraente!

O que eu mais quero é ter mesmo talento pra contar uma história!


Até o próximo capítulo!

Postar um comentário