DPZINE Logo
HOME CÍRCULO PARTICIPE CONTATO LINK BLOG FÓRUM SOBRE

Capítulo único de 93 Million Miles por Diego Santos Silva


www.dpzine.com www.dpzine.com



www.dpzine.com www.dpzine.com



www.dpzine.com www.dpzine.com



www.dpzine.com www.dpzine.com



www.dpzine.com www.dpzine.com



www.dpzine.com www.dpzine.com



www.dpzine.com


15 comentários:

Anônimo disse... 『Responder esse comentário』 30 de abril de 2012 16:33

hã??????????????

desculpa parceiro mas ñ entendi nada!

Aderito totolotomanga disse... 『Responder esse comentário』 30 de abril de 2012 16:38

gsto muito do seu traço

SIGMA disse... 『Responder esse comentário』 30 de abril de 2012 16:59

Seu desenho está bom. A estória parece ser interessante também, mas você poderia prolongar mais o capítulo, principalmente o primeiro pois, é nele que você irá mostrar ao leitor como é a estória. Normalmente, os gibis do Japão, seus primeiros capítulos têm 45, 50, 60 de páginas e o restante entre 19, 20 aproximadamente. Não sei se você percebeu que, normalmente os capítulos começam assim: apresenta a personagem, ou as personagens, mostra  sua atual situação (ou do passado), e depois mostra-a em uma nova situação. Um bom exemplo disso é o Naruto. No 1º capítulo, Naruto era um simples garoto bagunceiro (situação atual) e é apresentado o seu lugar, onde vive, onde estuda. E então mostra o motivo pelo qual ele é movido (não sei se usei a palavra certa, mas tudo bem) à outra situação. Mizuki pedi à Naruto pra roubar um pergaminho, ele rouba, aprende um jutsu, Iruka vai e faz os negócios, que provavelmente todo mundo sabe, que agora eu não lembro direito (na verdade, eu não consegui explicar) e então Naruto derrota Mizuki e recebe a faixa e se torna um genin (situação que saiu de seu atual). Há vários mangás que seguem essa linha. Você conseguiu passar isso ao leitor. O protagonista estava preso, de repente alguém joga uma faca e uma chave e então, ele está livre. Você poderia apresentar, não só seu ambienta (cela), mas também seu cotidiano na prisão, ou sei lá, o motivo por ele estar ali. Bom, quem sou eu para te dizer tudo isso ? Não sou ninguém, eu nunca consegui concluir um capítulo se quer dos meus mangás, mas eu estou tentando. Para mim, todos que aqui, já postaram seus primeiros capítulos, ou one-shots, são motivos de admiração, sério. Eu aprendi isso (de como montar uma estória e tal) num lugar do fórum daqui do site que dá dicas de como fazer roteiros. É só. Continue fazendo seu mangá que eu acompanharei. Hum? Qual meu nome? Meu nome é Sigma. (Nossa! Essa frase ficou maneira hein! Agora imagina um cara dizendo isso, no topo de um prédio, com uma capa preta e uma cartóla, ele pula do prédio depois de ter dito essa palavras!! rs, me desculpe)

Mateus Alves disse... 『Responder esse comentário』 30 de abril de 2012 18:39

O traço ta legal, só acho que sendo o one-shot voce deveria mostrar melhor a ideia que voce quer passar. Tipo, continua tentano ai.
;D

Davi Mayer disse... 『Responder esse comentário』 1 de maio de 2012 10:01

Legal!

Dakay Aroshy disse... 『Responder esse comentário』 1 de maio de 2012 14:33

Cara, foi mal até me intrometer, o lance do primeiro capítulo é bem variável, contar o passado  é até meio clichê um pouco, mas sendo esse ai um one-shot acho que não era tão importante não... Sua dicas foram boa ^^

Dakay Aroshy disse... 『Responder esse comentário』 1 de maio de 2012 14:41

  Olha, tanto os desenhos como o roteiro está bastante bom, mostrou a dúvida de encarar a vida ou acabar com ela... Esse tipo de estória me chama bastante atenção e vc a soube fazer caindo muito bem como one-shot, parabêns!!
 Só no desenho, cuidado com as hachuras, tente fazer elas um pouco mais padronizadas se não se tornam só rabiscos... Ah e no primeiro quadro da segunda página(sem contar a capa) achei o cabelo um tanto estranho, mas nada demais...Espero novos trabalhos seus.

Estavanu disse... 『Responder esse comentário』 1 de maio de 2012 14:52

Cara os desenhos são muito bons... mas por acaso a historia seria um simples questionamento pessoal para trazer reflexão aos leitores?
Questão bem filosófica está levantada ai...  para mim é tipo um "ser ou não ser, eis a questão", viver em um mundo cruel ou partir (para drogas, suicido, etc.), para mim parece uma pintura abstrata onde cada um tem um sentimento diferente sobre a obra... aos meus olhos sinto que fiz a mesma escolha do personagem, escolhi ver as coisas bonitas em um mundo cruel, quanto mais olho seu manga mais me sinto em paz comigo mesmo... gostei...

Aderito totolotomanga disse... 『Responder esse comentário』 1 de maio de 2012 15:22

tu desenhas muitobem dps podias me dar umas dicas dps passa no meu
qe eh o totolotomanga

Joselito Pacheco disse... 『Responder esse comentário』 2 de maio de 2012 06:03

legal! história com mensagem otimista! "Encarar o mundo" é preciso!

Diego Saint disse... 『Responder esse comentário』 2 de maio de 2012 12:31

Isso q eu quis dizer

Diego Saint disse... 『Responder esse comentário』 2 de maio de 2012 12:33

quis fazer algo diferente do habitual. é meus desenhos estão meio chulos.  obrigado pelas dicas

Diego Saint disse... 『Responder esse comentário』 2 de maio de 2012 12:35

quis fazer algo curto desde o inicio. mas eu poderia ter feito mais paginas ne O_o

jackmen disse... 『Responder esse comentário』 3 de maio de 2012 16:58

muito bom 

Mara-momo disse... 『Responder esse comentário』 5 de maio de 2012 19:57

uhhhhhhhhh Diego mandou bem, adorei ! eu ri -> nuvens escrotas

Postar um comentário